Você está aqui

FAQ

 

O Sistema - dúvidas sobre serviços e processos 

 

O acesso do servidor acontecerá diretamente no novo sistema?
A grande maioria dos servidores irá acessar o RH Bahia por meio apenas do Portal de Serviços (www.portaldeserviços.ba.gov.br), um site com interface simples e amigável a que recorreremos para consultar o contracheque, os dados bancários, acessar informe de rendimentos, solicitar férias, remoção, alteração no plano de saúde, entre outras atividades. O Portal de Serviços também será utilizado pelas lideranças para gerir as suas equipes, validando demandas como agendamento de férias e movimentações internas, e pelos profissionais das equipes de RH para a execução da maior parte dps procedimentos.  Apenas alguns procedimentos executados exclusivamente por profissionais da área de RH demandam o acesso direto ao ambiente SAP.  

 

O servidor poderá acessar o Portal de Serviços RH Bahia de qualquer computador com acesso a internet ou somente através da Rede Governo?
De qualquer computador com acesso a internet.

 

Os processos de RH relacionados à área de Saúde e Segurança no Trabalho serão contemplados no novo sistema?
Durante a primeira onda de implantação, o RH Bahia contemplou empresas públicas e sociedades de economia mista do Estado, cujo regime de contratação de pessoal segue a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT). Em razão disso, o sistema contemplou funcionalidades ligadas a iniciativas obrigatórias para as organizações que contratam celetistas, como o Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) e a CIPA. Agora na segunda onda, como o foco são os órgãos, autarquias e fundações do Estado, os processos da área de Saúde estão concentrados nas atividades de perícia médica. Com o novo sistema, o servidor poderá solicitar por meio do Portal de Serviços a realização da perícia on-line. Além disso, o RH Bahia vai facilitar o acesso da Junta Médica a informações importantes para aprimorar a gestão do afastamento.

 

O novo sistema tem condições de controlar o ponto dos servidores? De que maneira isto vai acontecer nas unidades que já contam com sistemas de ponto eletrônico? E nas demais?  
O controle de ponto não está entre as funcionalidades disponíveis no RH Bahia. O sistema dispõe apenas de um ambiente para apontamento das faltas dos servidores, de modo a repercutir no lançamento da folha de pagamento. No caso dos órgãos que já trabalham com sistemas de ponto eletrônico, deverá ser realizada uma integração entre os sistemas, para garantir que as informações possam migrar automaticamente para o RH Bahia.  

 

Quer saber mais? Veja se a sua dúvida pode ser respondida aqui: 

A MUDANÇA - papeis e atribuições

O TREINAMENTO - formato, público alvo, agenda

A SUSTENTAÇÂO - service desk, suporte

A IMPLANTAÇÃO - o projeto, seus preparativos

Como o servidor vai acompanhar a tramitação dos seus processos no novo sistema? Será possível ter acesso aos despachos dados durante essa tramitação e ter um feedback em relação às solicitações realizadas? 
Sim. Sempre que o servidor fizer uma requisição por meio do Portal de Serviços, ele será informado em relação aos trâmites e ao encaminhamento dado à sua demanda por meio do próprio sistema eletrônico, que envia estas e outras mensagens informativas e orientações para a sua página no Portal de Serviços. Por conta disso, o acesso ao site deverá fazer parte da rotina de todos os servidores.

 

O servidor terá acesso a informações pessoais quando acessar o Portal de Serviços do RH Bahia? Quais informações estarão disponíveis nesse Portal?
Os dados pessoais e de cadastro de cada trabalhador estarão disponíveis para sua consulta no Portal de Serviços.  A relação inclui dados bancários, declarações de bens informados ao Estado e informações sobre a formação acadêmica do servidor, incluindo os cursos de longa duração concluídos - como Graduação, Especialização, Mestrado e Doutorado - que podem ser utilizados para a concessão de gratificações.  Além disso, o servidor pode consultar no site informações sobre os membros da sua família que estão cadastrados como dependentes (nome, data de nascimento e vínculo familiar).

 

Como é feita a programação de férias no novo sistema? 
O procedimento é muito simples.  Tudo que o servidor vai precisar fazer é ingressar no Portal de Serviços com o seu nome de usuário e senha e clicar no ícone Programação de Férias, que pode ser acessado a partir do campo Requerimentos do menu de funcionalidades do site.  No ambiente que surgir, ele deverá informar a quantidade de dias que pretende gozar, o período e, se for o caso, fazer a solicitação do adiantamento do seu 13º salário.  Após o envio do formulário, a solicitação será encaminhada para a chefia imediata. Assim que a chefia aprovar o pedido, o servidor receberá uma mensagem confirmando a programação das férias. 

 

Como será feito o ajuste no novo sistema, no caso de servidores com férias acumuladas por mais de dois anos?
Como se sabe, a legislação não permite a suspensão do gozo de férias por um período superior a 24 meses, a não ser mediante uma autorização prévia do Governador (ver Decreto 9312/05), caso em que o servidor tem direito a receber indenização por férias não gozadas. Todas estas regras estão internalizadas no sistema. Além disso, para auxiliar no controle e evitar ocorrências de acumulação, o RH Bahia notifica com antecedência por meio do Portal de Serviços tanto o próprio servidor quanto o seu chefe imediato, sempre que houver risco de ultrapassar o prazo definido na legislação.