Você está aqui

Como o SAP ajuda as comunidades ribeirinhas do Amazonas

Solução SAP permitiu à Fundação Amazônia conhecer quem são  e quais são as necessidades dos membros das comunidades ribeirinhas  

 

Você sabia que a SAP Brasil concluiu um projeto desenvolvido em parceria com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), uma organização não-governamental sem fins lucrativos que trabalha para preservar o meio ambiente e melhorar a qualidade de vida de cerca de 40 mil moradores de 576 comunidades indígenas e ribeirinhas da Amazônia?

Com ajuda de SAP Brasil, a FAS começou a usar SAP Lumira, uma solução tecnológica que não apenas fornece ferramentas de análise e visualização de dados como é simples de usar e implementar, eliminando a necessidade de altos investimentos em infra-estrutura e manutenção.

 

De acordo com Virgílio Viana, presidente da FAS, a organização precisava de uma solução que provesse mais agilidade e acurácia à análise e avaliação de indicadores e métricas. “Não apenas para otimizar ações, mas também para aumentar a transparência”, afirma Virgílio. Com a parceria de área de Responsabilidade Social Corporativa (CSR) da SAP, 80 empregados da FAS agora se baseiam na solução SAP Lumira para analisar dados e direcionar ações e investimentos na região.
 
O antigo sistema adotado pela fundação estocava dados relacionados aos programas de uma forma descentralizada, o que tornava o processo de análise mais demorado. “O fato dos dados estarem descentralizados tornava difícil não apenas a gestão do projeto, mas também a comunicação com os parceiros. Além disso, Lumira nos permitiu assegurar mais transparência e eficiência no uso dos recursos e investimentos”, explica Virgílio.    

A SAP doou SAP Lumira à FAS como parte do projeto conduzido pela sua área de Responsabilidade Social Corporativa (CSR). Conduzida por três profissionais SAP, 12 representantes de áreas de projeto da FAS e três especialistas da parceira  de integração Ramos Sistemas, a implementação foi concluída em quatro meses. Os especialistas consolidaram todos os dados na SAP Lumira em menos de um mês e configuraram 10 paineis para visualização em nuvem. 

Agora, FAS conta com SAP Lumira para consolidar os dados a respeito das comunidades. Os gerentes têm uma visualização completa de quem são as pessoas assistidas pela instituição: quantas crianças, quantos adultos, seu gênero e os registros de assistência dos projetos de educação, saúde e desenvolvimento social. “Nós sabemos quantas pessoas são, onde elas estão e quais as suas reais necessidades. No projeto para a primeira infância, por exemplo, nós identificamos a necessidade de pedir aos voluntários para introduzir os dados no sistema e acompanhá-los em tempo real. Nós também seguimos a evolução dos projetos em detalhe, tomando cada vez mais decisões acertadas”, conta Viana. 

“Ver bons resultados num projeto como este e em uma ONG com um trabalho tão impactante é muito gratificante. Além de ser um desafio profissional, é um prazer ver a satisfação no rosto dos gestores pela oportunidade de ter informação tratada de modo a garantir decisões melhores e com mais rapidez”, diz Rogério Ceccato, gerente de pré-vendas da SAP Brasil. 

Sobre a FAS

A Fundação Amazônia Sustentável (FAS) é uma organização não-governamental sem fins lucrativos brasileira de interesse público federal e estadual. Ela foi criada em 20 de dezembro de 2007 a partir de uma parceria entre o governo do estado do Amazonas e o Banco Bradesco. Mais tarde, começou a contar com o apoio da Coca-Cola Brasil (2009), do Fundo Amazônia BNDES (2010) e Samsung (2010), além de outros parceiros para programas e projetos. A missão da FAS é promover o engajamento sustentável, a conservação do meio ambiente e a melhoria da qualidade de vida das comunidades ribeirinhas do estado do Amazonas. As principais iniciativas são implementadas por meio dos programas Bolsa Floresta, Educação e Saúde e Soluções Inovadoras. Em 2014, a FAS atendeu 576 comunidades ribeirinhas no estado do Amazonas, beneficiando mais de 40 mil pessoas.